noticias

A chamada “Pesquisa Internacional de doenças infecciosas, incluindo Aids”, do National Institute of Health (NIH), está em busca de estudos que incluam qualquer aspecto de doenças infecciosas (exceto ensaios clínicos), como: epidemiologia; história natural; patogênese; imunopatogênese de doenças infecciosas; estudos epidemiológicos para definir a incidência, apresentações clínicas e resultados de doenças; identificação de mecanismos e padrões de resistência; caracterização de coortes suscetíveis para um patógeno particular; e estudos piloto e de viabilidade em preparação para estudos maiores. No caso de estudos relacionados a HIV/Aids, as prioridades estão descritas neste link

As candidaturas podem solicitar um orçamento de até US$ 125.000 (mais de R$400 mil), por ano, em custos diretos e, no máximo, US$ 625.000 (mais de R$2 milhões) em custos diretos ao longo de um período de projeto de cinco anos. A data de expiração da oportunidade é 22 de agosto de 2019.

Os tópicos de interesse incluem, porém não limitam, as seguintes doenças: tuberculose; malária; gripe; HIV/Aids; doenças sexualmente transmissíveis; doenças diarreicas, respiratórias e entéricas; febre hemorrágica viral; encefalite viral; outras doenças virais, doenças parasitárias; vetores e doenças transmitidas por vetores, infecções emergentes e/ou re-emergentes (incluindo, entre outras, o vírus Zika e a febre amarela) e desenvolvimento de resistência à drogas que são de importância para a saúde pública no país candidato.

Apoio da Fiotec

Os interessados em submeter propostas com o suporte da Fiotec podem entrar em contato pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. O apoio na elaboração busca facilitar o entendimento do edital e o cumprimento dos critérios dispostos no documento. Lembrando que, para obter apoio da Fiotec, é necessário o envolvimento de alguma unidade da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Clique aqui para acessar o edital.