noticias

Representantes da Fiotec e Fiocruz no fórum em GenebraDa esquerda para direita, Leila Spelta, Valdiléa Veloso, Cristina Pimenta e Beatriz Grinsztejn no fórum da Unitaid, em Genebra.Entre os dias 27/2 e 1º/3, a analista de Projetos Especiais, Leila Spelta, esteve em Genebra, na Suíça, junto à coordenação do projeto para Implementação da Profilaxia Pré-Exposição ao HIV (ImPrEP). A visita teve como objetivo a participação em um fórum da Unitaid, financiadora do projeto, e em reuniões com diversas organizações internacionais. Como representante da Fiotec, Leila acompanhou Valdiléa Veloso, coordenadora do Projeto, Beatriz Grinsztejn, chefe do LaPClin-Aids, e Cristina Pimenta, representante do Ministério da Saúde (MS) e colaboradora do projeto.

No dia 27/2, foram realizadas reuniões paralelas entre as organizações, sobre diversos assuntos, como questões financeiras do projeto, HIV, entre outros. Já nos dias 28/2 e 1º/3, aconteceu o Fórum de Implementação de Grant da Unitaid, no qual mais de 27 organizações de diferentes países discutiram os desafios, conquistas e abordagens de suas iniciativas, em várias áreas.

“Foi uma ótima oportunidade de troca de experiências entre os projetos. Foi muito bom ver que outras instituições passavam por problemas que nós já tínhamos identificado, como uma dificuldade na prestação de contas, por exemplo. E como foi debatido lá, já se criou uma possibilidade de mudança e melhoria”, explicou Leila.

Implementação da Profilaxia Pré-Exposição (ImPrEP)

Fruto de um esforço conjunto entre o Ministério da Saúde brasileiro e a Fiocruz, por meio do Laboratório de Pesquisa Clínica em DST/Aids (LaPClin-Aids), com financiamento da Unitaid, a iniciativa visa oferecer medicamentos antirretrovirais a cerca de 7.500 pessoas não infectadas pelo vírus HIV, com o objetivo de reduzir o risco de aquisição da doença por via sexual principalmente entre homens que fazem sexo com outros homens, mulheres transexuais e travestis. A liderança do estudo será de total responsabilidade da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), entretanto, além do Brasil, a iniciativa engloba outros dois países da América Latina, México e Peru.

 

 

Vagas