CUIDA Chagas promove encontro financeiro entre parceiros internacionais - Fiotec

Fique por dentro

Por favor, selecione quais conteúdo deseja receber da Fiotec:

Você pode cancelar a inscrição a qualquer momento clicando no link no rodapé dos nossos e-mails.

Nós usamos Mailchimp como nossa plataforma de marketing. Ao clicar abaixo para se inscrever, você reconhece que suas informações serão transferidas para a Mailchimp para processamento. Saiba mais sobre as práticas de privacidade da Mailchimp aqui.

Entre os dias 27 e 29 de junho aconteceu o primeiro encontro financeiro do projeto CUIDA Chagas, reunindo as equipes parceiras no consórcio, da Colômbia, Paraguai e Bolívia. O objetivo da reunião foi avaliar as ações realizadas através de sessões de treinamento e trabalho com as equipes, em que foram compartilhadas informações sobre os formulários e necessidades passadas pelo financiador do projeto.

Durante o encontro, foram feitas apresentações das instituições envolvidas, uma vez que os membros internacionais não se conheciam pessoalmente. Do Brasil, os profissionais da Fiotec, Luiz Abiel e Raquel Silva, apresentaram o trabalho da instituição e a colaboração com a Fiocruz para o andamento das atividades executadas.

Mary Roig, do SENEPA (Paraguai), disse que o evento foi uma oportunidade muito importante para interagir de maneira presencial com a equipe Fiotec e Fiocruz. “Podemos aprender com as experiências dos nossos parceiros e, de alguma maneira, ensinar com as nossas. Também é um espaço para gerar vínculos, botar rostos aos nomes, facilitando que a execução seja mais ordenada, harmônica e complementar, como deve ser um projeto dessa complexidade”, disse.

A diretora do CUIDA, Debbie Vermeij, aproveitou para fazer uma atualização geral e, expondo a atual situação financeira, Leila Spelta, gerente do projeto, apresentou o relatório semianual do consórcio. Houve, também, dinâmicas práticas de budget review, que é um relatório de escopo financeiro.

O último dia foi dedicado a apresentação do andamento e status da auditoria deste ano, assim como o planejamento para o ano que vem.

O projeto

O CUIDA Chagas – “Comunidades Unidas para Inovação, Desenvolvimento e Atenção para a doença de Chagas” – combina pesquisas de implementação e inovação com o objetivo de desenvolver uma abordagem abrangente e integrada para alcançar sua meta: contribuir para a eliminação da transmissão vertical da doença de Chagas na América Latina.

A proposta visa beneficiar mulheres em idade fértil, seus filhos e contatos domiciliares, aumentando e intensificando o acesso ao diagnóstico, tratamento e cuidado integral para a doença de Chagas por meio de abordagens inovadoras e sustentáveis.