Brasília tem semana dedicada à Rede de Bancos de Leite Humano - Fiotec

Fique por dentro

Por favor, selecione quais conteúdo deseja receber da Fiotec:

Você pode cancelar a inscrição a qualquer momento clicando no link no rodapé dos nossos e-mails.

Nós usamos Mailchimp como nossa plataforma de marketing. Ao clicar abaixo para se inscrever, você reconhece que suas informações serão transferidas para a Mailchimp para processamento. Saiba mais sobre as práticas de privacidade da Mailchimp aqui.

Apoiada pela Fiotec e desenvolvida pelo Instituto Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano vem fazendo grande sucesso não só no país, como internacionalmente com suas campanhas e eventos. Esta semana foi a vez da capital brasileira reunir pesquisadores de todas as regiões do país para debater o assunto. 

Brasília é a única cidade do mundo autossuficiente em leite humano. Realçaram esse fato os quatro eventos realizados nesta semana: o Encontro Nacional de Centros de Referência Estaduais para Bancos de Leite Humano (22 a 24/10), o Seminário “Compreendendo e construindo a autossuficiência de leite humano em Brasília” (25/10), a inauguração do complexo materno-infantil do Hospital Regional de Sobradinho, no Distrito Federal, e a sessão solene na Câmara Distrital de Brasília alusiva à criação da Semana de Doação de Leite Humano na região Centro-Oeste (ambos no dia 26/10).

Se a conquista da capital é inédita, é imprescindível investigar como se chegou a um nível de qualificação que a torna a cidade que mais coleta leite materno no país e que alimenta com leite humano todos os bebês internados em suas UTIs neonatais. “Esta semana traz demarcadores que abrem perspectivas futuras muito importantes”, enfatizou o coordenador da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano (rBLH-BR) e do Programa Ibero-americano de Bancos de Leite Humano (Iber-BLH), João Aprígio Guerra de Almeida, para o Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz).

Para fechar a semana, na sexta-feira, durante a inauguração do complexo materno-infantil do Hospital Regional de Sobradinho, no Distrito Federal, o ministro da saúde, Alexandre Padilha, entregará a cada um dos 28 coordenadores dos centros de referência em banco de leite humano dos estados, incluindo o DF, o certificado de credenciamento no PNQ da rBLH-BR e do Programa Iber-BLH. No mesmo dia, a Câmara Distrital de Brasília se mobiliza pela criação da Semana de Doação de Leite Humano do Centro-Oeste, a ser comemorada, anualmente, em 19 de maio.

Distrito Federal em números

Brasília se destaca ainda pelos números, pois durante o ano de 2011 teve quase 17 mil litros de leite coletado, cerca de sete mil doadoras e aproximadamente 12 mil bebês receptores. Bom resultado em comparação às estatísticas de todo o Brasil, pois no mesmo período do ano passado, foram coletado aproximadamente 165 mil litros de leite no nosso país, tendo 167 mil doadoras e cerca de 170 mil bebês receptores.

Centros de Referência para BLH

Um Banco de Leite Humano de Referência é responsável pela implementação de ações estratégicas estabelecidas para sua área de abrangência, com objetivo de desenvolver educação permanente, pesquisas operacionais e prestar assessoria técnica aos BLHs. Cada estado brasileiro possui um Centro de Referência que contam com o apoio do Centro de Referência Nacional e Iberoamericano para Bancos de Leite Humano, sediado no Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), no Rio de Janeiro.

*Com informações do Icict/Fiocruz