Covid-19: projeto da Fiocruz Bahia e UFBA será financiado pela Google.org - Fiotec

Fique por dentro

Por favor, selecione quais conteúdo deseja receber da Fiotec:

Você pode cancelar a inscrição a qualquer momento clicando no link no rodapé dos nossos e-mails.

Nós usamos Mailchimp como nossa plataforma de marketing. Ao clicar abaixo para se inscrever, você reconhece que suas informações serão transferidas para a Mailchimp para processamento. Saiba mais sobre as práticas de privacidade da Mailchimp aqui.

Google.org e Fiocruz

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) foi selecionada para receber financiamento da Google.org, a partir do fundo da instituição voltado ao apoio a ideias inovadoras para combate à Covid-19 com uso de Inteligência Artificial e Ciência de Dados. O projeto do Centro de Integração de Dados e Conhecimentos para Saúde (Cidacs/Fiocruz Bahia), com a Universidade Federal da Bahia (Ufba), foi um dos dois únicos selecionados no Brasil pela Google. Ao todo, 31 pesquisas serão contempladas pelo fundo.

Com uma equipe de especialistas de diversas áreas, os pesquisadores Marcos Ennes Barreto (Ufba) e Mauricio Lima Barreto (Cidacs/Fiocruz Bahia) vão receber USD 76.600 da Google.org para o desenvolvimento de uma plataforma baseada em nuvem de suporte de pesquisa e tomada de decisões relativas à Covid-19 no país. O projeto vai receber, ainda, créditos de Google Cloud, totalizando o valor de USD 189.200.

A plataforma vai fornecer ferramentas para integração e gerenciamento de dados em larga escala, um conjunto de modelos de Inteligência Artificial para predição e para suporte à tomada de decisões. Além disso, também contará com um conjunto de serviços interativos de bibliometria para a síntese de evidências e correlações dentro da crescente literatura referente à doença. O projeto será realizado no âmbito da Rede CoVida, uma rede de cooperação envolvendo profissionais de diversas instituições brasileiras.

“Estamos muito felizes em receber o suporte da Google.org, que vai nos permitir expandir as atividades da Rede CoVida, especialmente no que se refere ao uso de ferramentas Google e modelos de Inteligência Artificial, para o gerenciamento de uma diversidade de fontes de dados e execução de estudos investigativos com enfoque em cenários complexos relativos à pandemia no Brasil”, afirma Marcos Ennes Barreto, um dos pesquisadores principais do projeto.

Braço da Google de apoio a organizações sem fins lucrativos que se dedicam a soluções inovadoras de ciência de dados para resolver grandes desafios mundiais, a iniciativa da Google.org selecionou projetos para receber financiamento por meio de um processo competitivo e baseado em mérito. “É notável ver líderes de diferentes setores e áreas de especialização se reunindo durante este momento crítico da nossa história”, diz Brigitte Hoyer Gosselink, diretora de Impacto de Produtos da Google.org.