CUIDA Chagas abre vagas para oficial de dados em pesquisa clínica, com apoio da Fiotec - Fiotec

Fique por dentro

Por favor, selecione quais conteúdo deseja receber da Fiotec:

Você pode cancelar a inscrição a qualquer momento clicando no link no rodapé dos nossos e-mails.

Nós usamos Mailchimp como nossa plataforma de marketing. Ao clicar abaixo para se inscrever, você reconhece que suas informações serão transferidas para a Mailchimp para processamento. Saiba mais sobre as práticas de privacidade da Mailchimp aqui.

O projeto CUIDA Chagas, coordenado pelo Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz), com suporte da Fiotec, abriu nova seleção para a contratação de um(a) Oficial de Dados em pesquisa clínica em tempo integral, preferencialmente sediado no Rio de Janeiro, Brasil, que apoiará no desenvolvimento e/ou customização dos bancos de dados, incluindo seu processamento, limpeza, geração de relatórios e regras de validação para garantir a qualidade dos dados nos ensaios clínicos do projeto. As inscrições estão abertas até 30 de setembro. 

Para se candidatar é necessário que o profissional possua formação de nível superior completa em áreas relacionadas à TI; possuir pelo menos três anos de experiência em gestão de bases de dados, desenho de programas de captura e análise de dados, preferencialmente na área da saúde; experiência no desenho, construção e desenvolvimento de bancos de dados para ensaios clínicos no REDCap; demonstrar atenção aos detalhes, capacidade de seguir procedimentos e é capaz de cumprir prazos; entre outros.

Edital de contratação para Oficial de Dados em pesquisa clínica.

Os interessados devem enviar currículo, juntamente com uma carta de motivação, para Larissa de Paula em Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. . O assunto do e-mail deve ser identificado como "CUIDA Chagas – Oficial de Dados em pesquisa clínica".

CUIDA Chagas

No dia 14 de abril de 2021, Dia Mundial da Doença de Chagas, a Fundação Oswaldo Cruz deu um grande passo na luta para eliminar a transmissão congênita da doença em países da América Latina, ao firmar convênio com a Unitad através do projeto CUIDA Chagas - Comunidades Unidas para Inovação, Desenvolvimento e Atenção para a doença de Chagas. Coordenado pelo Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz), o projeto conta com cofinanciamento do Ministério da Saúde do Brasil, suporte da Fundação de apoio à Fiocruz (Fiotec) e pretende reduzir a possibilidade de transmissão da doença de Chagas para novas mães e seus bebês, eliminando essa via evitável da contaminação.

Saiba mais sobre o projeto.