Evento celebra resultados de projeto que vacinou milhares contra a Covid-19 na Maré - Fiotec

Fique por dentro

Por favor, selecione quais conteúdo deseja receber da Fiotec:

Você pode cancelar a inscrição a qualquer momento clicando no link no rodapé dos nossos e-mails.

Nós usamos Mailchimp como nossa plataforma de marketing. Ao clicar abaixo para se inscrever, você reconhece que suas informações serão transferidas para a Mailchimp para processamento. Saiba mais sobre as práticas de privacidade da Mailchimp aqui.


Marcelle Milauski (quarta da esquerda para a direita), analista de Projetos, representou a Fiotec no encontro. 

Ocorreu, em 25 de setembro, o evento de prestação de contas do Projeto Coortes da Maré, na própria comunidade, no Rio de Janeiro. Ao longo do dia, aconteceram algumas palestras e rodas de conversa que proporcionaram um panorama abrangente das conquistas e impacto da iniciativa na comunidade.

A primeira palestra foi comandada pela coordenadora de campo do projeto, Carolina Dias, que relembrou o início das atividades em 2020, quando a pandemia chegou à Maré. A necessidade de vacinar um complexo de favelas com cerca de 140 mil moradores desafiou a equipe a realizar uma campanha massiva.

Ela afirmou que combater as fake news sobre a vacina foi uma prioridade, resultando na imunização de quase 40 mil pessoas. Além disso, a equipe implementou medidas de vigilância, comunicação, atendimento via telessaúde e isolamento social seguro, o que reduziu a incidência da Covid-19 na Maré em 86%. O engajamento com a comunidade foi fundamental, envolvendo escolas, associações de moradores e outros.

Durante a segunda roda de conversa, articuladores e moradores compartilharam suas experiências e destacaram a importância da equipe na conscientização da população sobre a vacina. A construção da confiança por meio de visitas foi elemento crucial para tal feito.

Também foram apresentados os impactos da pesquisa, por meio de dados coletados durante o estudo, enfatizando o impacto positivo das ações do projeto. Métricas e indicadores demonstraram como as estratégias implementadas contribuíram para a saúde da comunidade.

Na roda de depoimentos com parceiros e realizadores da Pesquisa Vacina Maré, Valcler Rangel (coordenador de Relações Interinstitucionais da Fiocruz) compartilhou sua trajetória e experiências ao longo da pesquisa. Esses depoimentos destacaram o envolvimento ativo da comunidade e dos parceiros na iniciativa.

O encerramento ficou a cargo de Fernando Bozza, coordenador e idealizador do projeto, que delineou os próximos passos e desdobramentos da pesquisa na comunidade. Ele discursou sobre as inovações e movimentos que foram desenvolvidos ao longo do projeto.

O Projeto Vacina Maré não apenas buscou vacinar a comunidade contra a Covid-19, mas também se tornou uma referência em termos de conscientização, confiança e impacto positivo. Sua abordagem e envolvimento da comunidade provaram ser cruciais para enfrentar os desafios da pandemia e construir um futuro mais seguro para a região.

Conheça o projeto
O Projeto Coortes da Maré é uma iniciativa que tem como objetivo primordial dar continuidade à vacinação e ao estudo de avaliação do efeito direto (efetividade) e indireto das estratégias de vacinação no território da Maré.

Além disso, busca avaliar as sequelas da doença em uma população vulnerável, enfatizando o impacto socioeconômico causado pela Covid-19.