OTSS é premiado em Concurso Nacional de Inovação - Fiotec

Fique por dentro

Por favor, selecione quais conteúdo deseja receber da Fiotec:

Você pode cancelar a inscrição a qualquer momento clicando no link no rodapé dos nossos e-mails.

Nós usamos Mailchimp como nossa plataforma de marketing. Ao clicar abaixo para se inscrever, você reconhece que suas informações serão transferidas para a Mailchimp para processamento. Saiba mais sobre as práticas de privacidade da Mailchimp aqui.


(Foto: Divulgação)

A Fiocruz ficou em 2º lugar no 27º Concurso Nacional de Inovação no Setor Público, na categoria Inovação em serviços ou políticas públicas no Poder Executivo Federal. Promovido pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap), o concurso reconheceu a inovadora experiência do Observatório de Territórios Sustentáveis e Saudáveis da Bocaina (OTSS), uma parceria criada em 2009 entre a Fiocruz e o Fórum de Comunidades Tradicionais (FCT) para a promoção da saúde e do desenvolvimento sustentável por meio do diálogo entre saberes científicos e tradicionais.

“Somos uma experiência de governança territorializada a partir de um processo de ecologia de saberes, com protagonismo de povos e comunidades tradicionais, para promover soluções para o desenvolvimento sustentável e a garantia da reprodução do modo de vida destas comunidades. Acreditamos que um outro mundo é possível, mais cooperativo, mais justo, mais solidário e mais feliz”, comemorou o pesquisador-titular da Fiocruz e coordenador-geral do OTSS, Edmundo Gallo. 

Desde 1996, o concurso tem sido palco para o reconhecimento e a valorização de equipes de servidores ou empregados públicos que se destacam pela criatividade e proatividade em suas iniciativas em prol da melhoria do serviço público. Já são mais de 430 iniciativas premiadas ao longo dessa jornada.

"Este reconhecimento nos enche de orgulho, não apenas como uma instituição, mas como defensores apaixonados da interseção entre saberes científicos e tradicionais. O Observatório de Territórios Sustentáveis e Saudáveis da Bocaina (OTSS) representa um compromisso contínuo com a promoção da saúde e do desenvolvimento sustentável. Nossa jornada é uma colaboração entre gerações, entre o conhecimento que vem de livros e laboratórios e o conhecimento transmitido de geração em geração. Estamos construindo um futuro onde o respeito pela diversidade de saberes é a pedra angular, um futuro onde as soluções são moldadas pela sabedoria coletiva. Este prêmio é um lembrete do poder transformador do diálogo entre culturas, e estamos determinados a avançar nesse caminho, guiados pela visão de um mundo mais equitativo e sustentável", destacou o vice-presidente de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde da Fiocruz, Hermano Castro.

Continue lendo.


Fonte: Agência Fiocruz de Notícias (AFN).